Banda de Música Municipal – Música Instrumental como Inclusão Sociocultural.

          Promover uma reflexão mais cuidadosa sobre a área da cultura é de importância fundamental em um processo voltado para a construção de uma sociedade mais justa para todos os seus membros. É desta forma que a Prefeitura de Buriti dos Lopes trabalha, através da Secretaria Municipal de Cultura, gerenciando ações culturais de modo a promover o acesso à música instrumental como meio de inclusão social e cultural. Levando a Banda de Música Municipal Maestro João Batista do Amaral para bairros e comunidades rurais da cidade, famílias de baixa renda que precisam de serviços públicos aptos e de qualidade, passam a ter contato direto com a música instrumental, assim sendo, adquirem experiências inesquecíveis com a arte de manifestar os afetos de nossa alma.

          Diversos aspectos ligados à cultura contribuem sobremaneira para a reprodução de uma sociedade voltada para o desenvolvimento social e muitas comunidades rurais neste corrente ano já foram agraciadas com uma apresentação da Banda de Música Municipal, a citar algumas: Salgadinho, Espírito Santo de Cima, Cadoz, Ponte do Jandira, Coroa de São Remígio, Estreito, Assentamento Iracema, Assentamento Cotias, Canto da Cruz e em diversas igrejas e festejos católicos.

          Segundo o PNUD/Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Cultura não pode ser considerada como um conjunto cristalizado de valores e práticas, assim, considerando a cultura como um dos elementos fundamentais no processo de construção da memória e identidade de um povo, a Banda Municipal desenvolve um trabalho magnífico de inclusão sociocultural fazendo apresentações nos bairros e comunidades, nos festejos religiosos, nas praças, em eventos sociais do município, nas solenidades oficiais e escolas, de modo que assim contribui na construção da identidade cultural de Buriti dos Lopes. Uma cidade que está aprendendo a valorizar sua cultura, seus indivíduos que produzem cultura e apoia entidades que labutam a causa da cultura.

          Há a necessidade de se garantir o acesso à cultura aos setores distantes da sociedade. Do mesmo modo como uma das formas de superação da situação de risco social, no qual é absolutamente necessário que os aspectos, processos, crenças, etc. destes grupos também sejam levados em consideração – ou seja, um processo de alargamento cultural deve ocorrer em via de mão dupla, um fornecendo elementos de cultura para o outro.

          Ao observar o mundo através da cultura o homem tende a considerar o seu modo de vida como mais correto e natural. Este é um dos propósitos da Secretaria de Cultura.

           Pois, precisamos pensar em uma sociedade mais justa e isto implica em trilhar um caminho que conduza à modernização, com base em um sistema político-social produtivo que não se caracterize pela acumulação selvagem de capital, mas, sim ao livre acesso e produção de cultura, mais precisamente a cultura local de nossa Buriti dos Lopes.

           Para tal, é necessário construir uma sociedade cujo fundamento ético seja o respeito à dignidade humana, o que implica, obviamente, na adoção de políticas de distribuição de riquezas coerente com o desenvolvimento produtivo, as quais permitam à sociedade como um todo, e não apenas a uma reduzida parte desta se beneficiar do esforço coletivo.

          Como, entretanto, em qualquer sociedade não é possível que um indivíduo ou grupo domine todos os aspectos de sua cultura, a participação dos diversos grupos componentes da sociedade, nas definições sobre política ou políticas culturais a serem implementadas no país, torna-se imprescindível, não apenas como garantia da real ocorrência de um alargamento cultural, mas como base de sua própria articulação com os demais membros da sociedade, o que implica na necessidade de democratização das ações da Prefeitura Municipal de Buriti dos Lopes e da Secretaria Municipal de Cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...



Colunistas

Gildazio

Gildazio

1979
Coluna da Major Elizete Lima

Coluna da Major Elizete Lima

Major da Polícia Militar do Piauí, Coordenadora Estadual do PROERD - Programa Educacional de Resistência às Drogas.
18
Erasmo Marcio Falcão

Erasmo Marcio Falcão

Artes Visuais, Inglês, Poesia, Música, Xadrez, Arte Rupestre. Mais informações: http://erasmudoporto.blogspot.com.br/
88

Izael Miranda

Professor
8
Ver Todos


Desenvolvido por Codiworks - Todos os direitos reservados