Sarau da Praça de Cima! Sucesso de Público e Aceitação!

Escrito por Erasmo Marcio Falcão em 04 dezembro 2017

          O evento cultural Sarau da Praça de Cima, realizado pela Academia Buritiense de Artes, Ciência e Cultura – ABACC Arnaldo Escórcio Athayde na noite do dia 02 de Dezembro obteve expressivo sucesso de público e aceitação por parte da população buritiense.

          Contou com a participação ilustre do Presidente da Academia Parnaibana de Letras, José Luís de Carvalho, fazendo questão de elogiar a ABACC e o Sarau dizendo: “Este tipo de evento é que aproxima a população da poesia e da arte e é assim que as ‘Academias’ devem agir, de modo a aproximar a sociedade das letras”. Em um breve discurso de abertura, o Professor, Secretário de Cultura e Presidente da ABACC, Francisco Gildazio da Silva mencionou o empenho da Equipe ABACC de Organização do sarau exaltando o caráter e a força da juventude, das novas ideias reforçadas pela busca da elevação da alma e do ser, da renovação que a instituição recebe com seus novos integrantes e principalmente pelo amor e responsabilidade com a cultura de nossa cidade que estes apanharam para si, enfatizando que a instituição trabalha para incentivar e promover cultura, bem como permitir à população o acesso pleno a eventos culturais.

 

          A Praça Nossa Senhora dos Remédios estava lotada de pessoas interessadas em ver e produzir arte. Isto prova que eventos culturais tem seu público e que a cidade de Buriti dos Lopes comprova seu potencial histórico de revelação de talentos e artistas. Como um espaço aberto a qualquer pessoa que estivesse motivado a mostrar arte e poesia, todos puderam aproximar-se por desejo voluntário e fazer uma declamação, tocar um instrumento ou cantar uma música.

 

          O Sarau da Praça de Cima tornou-se um local de encontro de vários artistas que estavam hibernando, esperando uma maneira de mostrar seu talento e expor seu trabalho.

 

          ABACC, instituição de cunho sociocultural, sabe destes artistas e reconhece seus trabalhos. Esta foi a justificativa da realização deste sarau que como enfatizou muito bem a comunicadora Nilda Galeno, apresentadora do sarau, nasceu no seio de um ABACCano, o professor Redimiro Jr. que fez a proposição deste evento (a mais de quatro anos atrás) e que tem profundo conhecimento da existência destes artistas, ele mesmo é um destes. Como professor de línguas sabe da importância da leitura, da declamação, da exposição pública da poesia e da arte. São valores que vêm perdendo espaço em nossa sociedade por conta do imediatismo da leitura e da informação, valores estes que lhes foram incutidos e apreendidos ainda na infância com sua querida mãe, uma artista ímpar e poetiza de profundo lirismo dona Maria do Carmo Carvalho, esposa do nosso contador de causos e estórias fantásticas, Redimiro.

 

          O evento também fez três importantes comunicações: primeiro o futuro lançamento do jornal literário O Literato Buritiense, informativo literário e cultural que irá publicar bimestralmente poesias, textos e ilustrações de autores buritienses.

 

          Segundo, uma menção honrosa à classificação do multifacetado artista buritiense, Di Carvalhe, como Mestre de Cultura Popular junto ao Ministério da Cultura (MinC), por meio da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural, Edital/Concurso Culturas Populares Leandro Gomes de Barros 2017 publicado no DOU (Diário Oficial da União). Sendo Di Carvalhe um dos três mestres classificados em todo o estado do Piauí. Buriti dos Lopes agora detém um Mestre de Cultura Popular, conhecido popularmente como Mundinho, agora intitulado Mestre Di Carvalhe.

 

          Por terceiro, o sarau serviu de evento de inauguração da Escola de Pintura da ABACC que funciona na casa-obra, agora Espaço Cultura Mestre Di Carvalhe com a exposição das telas pintadas durante suas oficinas de produção.

 

          O padrão ABACC de eventos culturais está cada vez mais chegando a patamares impressionantes. Haja vista o bienal Grito Cultural, em andamento Curso de Educação Patrimonial de altíssimo nível orientado pela renomada arqueóloga Elaine Ignácio, no Sarau da Praça de Cima haviam seções de todo tipo de arte: apresentação de canto e música instrumental, declamação de poesia e cordel, exposição de fotografias, desenhos, pinturas em tela, esculturas, modelagens, instalações artísticas.

 

          As seções receberam iluminação própria e adequada proporcionando uma agradável sensação panorâmica com destaque a uma seção em especial: as fotografias do renomado fotógrafo buritiense Helton Alípio que alavancou o evento com sua captura de cores personalizadas e visão extraordinária de mundo, uma direção de fotografia impecável e enquadramentos improváveis ao olho leigo que impele o visualizador de suas fotos admira-se ao passo no qual dialoga com a fruição estética da imagem.

 

          Várias correntes artísticas inseridas no contexto popular, artes visuais de correntes modernista, surrealismo, expressionismo, regionalismo. Temas locais como a Lagoa Grande e o Brejo, temas universais como o amor, a existência e a solidão e música de muita qualidade com apresentações de músicas de autores buritienses (novas e antigas) que formam a nossa local MPB – Música Popular Buritiense.

          Foi um evento marcante na história da cultura de Buriti dos Lopes, merecemos mais eventos assim, merecemos expor mais os nossos artistas, merecemos transformar nossa cidade em um polo cultural, pois, artistas e público, mostramos neste sarau que temos.

Uma respota para “Sarau da Praça de Cima! Sucesso de Público e Aceitação!”

  1. Elaine Ignácio disse:

    Como diria Hugues de Varine “o patrimônio é o DNA do território e da comunidade”, a comunidade só tem a ganhar com a iniciativa do sarau. A relação entre comunidade e patrimônio cultural tem que ser vivo e dinâmico. E tenho certeza que para os organizadores o ponto fulcral que quer se atingir e promover, é o desenvolvimento local. Tenho muito orgulho de participar e poder contribuir. Parabéns a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading Facebook Comments ...



Colunistas

Gildazio

Gildazio

1991
Erasmo Marcio Falcão

Erasmo Marcio Falcão

Artes Visuais, Inglês, Poesia, Música, Xadrez, Arte Rupestre. Mais informações: http://erasmudoporto.blogspot.com.br/
92
Coluna da Major Elizete Lima

Coluna da Major Elizete Lima

Major da Polícia Militar do Piauí, Coordenadora Estadual do PROERD - Programa Educacional de Resistência às Drogas.
19

Izael Miranda

Professor
8
Ver Todos


Desenvolvido por Codiworks - Todos os direitos reservados